quinta-feira, 9 de setembro de 2010

A Alma Boa De Setsuan Espetáculo com Denise Fraga explora o bem e o mal do ser humano


Como ser bom e ao mesmo tempo sobreviver no mundo competitivo em que vivemos? Essa é a questão levantada pelo dramaturgo alemão Bertolt Brecht na peça A Alma Boa De Setsuan. Escrita em 1941, a parábola fala como é difícil ser cruel, ainda que a bondade e a generosidade sejam o estado natural do homem.

Ambientada na China, a história fala sobre Três Deuses que descem à Terra à procura de pelo menos uma alma boa. Eles encontram a prostituta Chen Tê, que lhes dá guarita por uma noite. Na manhã seguinte, concluem ser ela a alma boa que tanto procuravam e resolvem lhe pagar pela hospedagem. O dinheiro é suficiente para Chen Tê abrir uma tabacaria e mudar de vida.

Dona de seu próprio negócio, Chen Tê começa a ver os miseráveis da cidade abusarem de sua imensa generosidade. Sem conseguir dizer não, resolve vestir a máscara do mau. Traveste-se de uma figura masculina, seu primo Chui Ta, que teria vindo de longe para temporariamente tomar conta de seu negócio e poder dizer não a quem a absorve.

2 comentários:

  1. Agora sou eu, que vou copiar o nome do te doce blog:
    COISAS QUE EU QUERIA TE DIZER...
    Então, vamos lá:
    Q vc continue escrevendo essas coisas lindas, q saem do seu coração, q sei, abriga um monte de gente e sonhos.
    Q vc continue batalhando, trabalhando, cuidando da própria vida e de outras tb.
    Q vc vez ou otra apareça na Redenç~~ao ou em qualquer outrto lugar, onde a gente possa trocar o mouse pelo abraço!!!
    Q vc continue sempre assim: talentosa, amiga, querida, doce, altiva.
    Mega bjo,Beta.

    ResponderExcluir
  2. Trocar o mouse pelo abraço adorei...

    ResponderExcluir